Escolha uma Página
Compartilhe essa newsletter

News of the week

Os acontecimentos mais importantes do mundo de inovação diretamente para você.

Jim Irwin foi o oitavo homem a andar na superfície da Lua. Mas, ao contrário dos outros 11 homens que fizeram esse feito, ele quase não voltou. Quando estava lá, o seu coração começou a ter uma arritmia. O médico que monitorava os astronautas declarou ser um problema muito sério. Se Irwin estivesse na Terra, ele teria sido internado na UTI imediatamente, vítima de um ataque cardíaco. Felizmente, ele já se encontrava na melhor UTI de todas. Ele estava recebendo 100% oxigênio, sendo monitorado e, melhor de tudo, em gravidade zero. Não existe nada melhor para diminuir a tensão do coração que gravidade zero. Portanto, se você sentir que está tendo um ataque cardíaco, pegue a espaçonave mais próxima e vá para o espaço!

News of the week

Os acontecimentos mais importantes da semana.

 

OurCrowd Sync: São Paulo 2019

Nessa semana participamos do evento do OurCrowd em São Paulo. Para quem não sabe, o OurCrowd é uma plataforma de investimentos israelense. Funciona assim: Todo mês batem umas 200 startups lá na porta deles. Eles fazem um deep dive em 20 e escolhem 2 para investir. Uma vez que investem, eles permitem que investidores da rede deles também entrem nos deals. Qualquer um pode se cadastrar, mesmo no Brasil. O investimento mínimo é de US$ 10 mil dólares.

E o modelo tem dado certo. Hoje estão com mais de 200 empresas investidas (48 das quais já valem mais de US$ 100 MM), uma base de 40 mil investidores e cerca de US$1.2 Bn investidos, equivalente a todo investimento de VC no Brasil no ano passado. Tem um aspecto interessante que é conseguir acesso a deals antes impensáveis, como é o caso da Beyond Meat, onde investidores do OurCrowd coinvestiram com pessoas como Bill Gates, investindo sob os mesmos termos e valuation do Bill. Vou parar de falar sobre o produto, pois de acordo com normas internacionais, mais duas frases e isso vira conteúdo publicitário.

Em uma das palestras, o presidente do OurCrowd falou sob as 10 principais tendências tecnológias que eles estão enxergando. Normalmente eu te daria um link agora pra você clicar, te levar pro meu site, gerar engajamento e toda aquela coisa. Mas pelo seu conforto e minha preguiça, achei mais fácil simplesmente listá-las:

1)Education becoming a US$ 250 Bn Industry
2) Mother Nature is Angry (Climate solutions related startups)
3) Cyber Goes Everywhere (Cybersecurity permeando todos os setores -> Carros, equipamentos médicos etc)
4) Farm Data is the New Fertilizer
5) Cracking Down on Our Sugar Problem (segura esse pensamento)
6) GreenTech Gets the Green
7) Give the Data Power Back to the People (Ex: empresas de LGPD)
8) Biomimicking Will Heal Us
9) Flying Cars Are Taking Off
10) Robots Will do Our Paperwork

Eles também trouxeram diversas empresas israelenses do portfolio deles para se apresentar. Abaixo vamos falar sobre uma delas.

Trends to watch.

De olho nas tendências mundo afora.

 

Cracking Down on Our Sugar Problem

Lembra o pensamento que eu pedi para você segurar? Bom, chegou a hora de falarmos um pouco mais sobre essa tendência. Para isso vou pedir para subir no palco o Dr. Marcelo Katz do Hospital Albert Einstein.

A obesidade é uma epidemia global, que afeta 2/3 da população de todas as idades. E está em tendência crescente. Um dos vilões disso é o açucar. Conforme mais se estuda, mais cai a recomendação diária de açucar. Hoje está em 50g, equivalente a 500 ml de Coca-Cola. Mudar o hábito das pessoas é uma possibilidade, mas acho que não preciso nem explicar a dificuldade dessa solução. Vou pedir agora pro Dr. Katz passar o microfone pro Eran Baniel, CEO da DouxMatok.

A solução da DouxMatok se baseia no fato de 80% do açucar que consumimos nem passa pelos nossos receptores, ou seja, não nos dá prazer. Sua empresa desenvolveu um açucar que consegue ser 40% mais eficiente em fazer com que o açucar chegue aos receptores. Ou seja, você precisa consumir menos para sentir o mesmo gosto. Em diversos testes cegos, o pessoal inclusive preferiu a opção com o açucar dele.

Deep dive

Uma seleção de artigos e reportagens interessantes.

 

The chart that predicts recessions

Essa linha previu todas as recessões norte-americanas nos últimos 50 anos. Ela é a Yield Curve, que basicamente mostra a diferença entre os rendimentos de títulos públicos de 2 anos e de 10 anos. Em um ambiente normal, se eu estou emprestando o meu dinheiro para o governo por mais tempo, eu tenho que receber mais, certo? Entretanto, quando o mercado acredita que uma recessão está chegando, os títulos de curto prazo começam a se desvalorizar e isso faz a curva se inverter. Vox

Why WeWork’s Business Model Is Risky

O WeWork tem 1/10 do espaço e 1/7 das localidades que o seu concorrente, a IWG. Sua receita é menos da metade e enquanto a IWG lucra 200 milhões de dólares por ano, o WeWork queima quase US$ 2Bn. Mesmo assim o WeWork vale 10 vezes mais que a IWG. Será que vale isso tudo? Quando a empresa foi tentar fazer seu IPO, levou um belo de um não na cara. Ao invés dos US$47Bn de valuation, estava ouvindo mais números como 25, 20 e até 10.

O (ex-)CEO também não passava os melhores sinais. Ele vendeu US$ 700 milhões em ações logo antes do IPO, fez a empresa pagar quase US$ 6 milhões pelo uso da marca We e nem comecei a falar dos conflitos de interesse, em que ele é dono dos prédios que o WeWork aluga.

Além disso, investidores se assustam com duas coisas. A primeira é que o WeWork fecha contratos de 15 anos no aluguel dos prédios e com isso já se comprometeu em US$ 47 bilhões pelos próximos 15 anos, enquanto ela só têm US$ 3,4Bn garantidos em contratos com os clientes. Isso nos leva ao segundo ponto que está linkado com o texto anterior: o medo da recessão prejudicar o negócio e não conseguirem pagar essa conta. Foi o que aconteceu com a IWG nos anos 2000s. Enfim, resumo da ópera, IPO foi atrasado e o CEO foi removido do cargo. Algo no mínimo irônico visto que até pouco tempo atrás ele era visto como uma das peças que puxava o valuation para cima. WSJ

Its only when the tide goes out that you learn who has been swimming naked.

 

Warren Buffet

© Copyright 2018
Todos os direitos reservados por A5 Capital Partners


Compartilhe essa newsletter