Escolha uma Página
Compartilhe essa newsletter

News of the week

Os acontecimentos mais importantes do mundo de inovação diretamente para você.

Em uma carta escrita em 1789, Benjamin Franklin contava para o seu amigo Jean-Baptiste Leroy sobre a nova Constituição adotada pelos EUA e disse: “Our new Constitution is now established, and has an appearance that promises permanency; but in this world nothing can be said to be certain, except death and taxes.” O Benjamin estava mais correto do que imaginava. A prova disso vive mais de 200 anos depois no manual dos funcionários do IRS, a Receita Federal lá dos EUA. Nele há uma seção chamada National Emergency Operations em que prevê um plano de ação para caso aconteça uma guerra nuclear. Ela determina que 30 dias após um ataque nuclear nos EUA, os fiscais do IRS devem se reunir e voltar ao trabalho, coletando os impostos dos sobreviventes.

What’s up

Os acontecimentos mais importantes da semana.

 

Justa na NRF

Perai a NRF já é assunto velho, porque vocês só estão falando disso agora? A questão é que ao invés de eu contar para vocês eu preferi deixar o pessoal da Justa, nossa investida, que foi lá e participou contar. Como empreendedores de uma startup que cresce dois dígitos por mês, eles têm ficado bem ocupados e a ordem dos investidores é focar no que dá dinheiro! Logo o blog ficou um pouco para segundo plano mas saiu! Antes tarde do que nunca! Blog sobre a NRF

Trends to watch.

De olho nas tendências mundo afora.

 

Third Home

Já que o mercado tá aquecendo, pessoal tá se animando, Ibovespa chegando nos 6 dígitos, vamos começar a ter papo de rico, falar sobre onde e como vamos gastar todo esse dinheiro que vamos ganhar. Toc Toc Toc na madeira. Então hoje vim contar sobre a Third Home. Um club privado para donos de imóveis de luxo. Funciona assim: Imagina que você têm aquela bela casa na praia. Mas você não usa ela sempre e também quer dar uma variada de lugar de vez em quando. Então você vai lá e lista a sua propriedade. Obviamente eles têm que aprovar, com base no valor da casa, na localização, nas amenidades, entre outros. Uma vez aprovado, você define as datas em que ela estará disponível e os membros do club podem alugar ela. Em troca você ganha chaves, a moeda virtual deles, que você usa para alugar as casas dos outros. O valor mínimo das casas da plataforma é de 500 mil dólares e a média deles está em 2.3 milhões. São mais de 11 mil propriedades em cerca de 100 países.

Mas além da casa em si, esse modelo traz um charme extra nas amenidades. Uma Villa listada no Rio de Janeiro, por exemplo. Na frente da praia de Copacabana, são 4 andares, 6 suítes e uma piscina no topo. Além disso possui um concierge full time e quantos membros de staff você quiser, dependendo do nível de privacidade que você busca. Isso inclui um chef pessoal. E não se preocupe, eles garantem que há porcelana o bastante para servir até 100 pessoas. Imagina que você é o dono dessa casa e listou na plataforma. Agora esse dono vai poder ir tirar férias em Mykonos em uma casa tão grande que possui duas casas para visitas. São 13 suítes e um staff de 7 pessoas para não lhe fazer faltar nada. Essa casa inclusive vem como “highly recommended for large parties”. Eles garantem que da para fazer uma festa para 700 pessoas, então não se preocupe! Também têm essa ai da foto que têm até uma capela particular!

Eles começaram assim mas estão expandindo. Algumas casas já são possíveis de se alugar com dinheiro mesmo, sem ter que listar a sua casa na plataforma. Além disso, também estão trabalhando na parte de vender experiências completas, algo que as principais lideranças de empresas como TripAdvisor, AirBnB e Booking vêm colocando como uma grande tendência desse setor. Por fim, vale uma curiosidade: Em 2017 a Third Home anunciou o que chamaram de “O melhor emprego do mundo”. Basicamente precisavam contratar alguém para viajar o mundo inteiro, tudo pago, para visitar e aprovar as mansões, ficando algumas noites em cada uma, para de fato atestar a experiência. Confesso que por uma vaga dessa eu talvez até consideraria sair da A5. Se bem que ficando aqui o objetivo é virar logo membro desse club, então, segue o jogo!

Deep dive

Uma seleção de artigos e reportagens interessantes.

 

The visionary Rolls-Royce 103EX. Journey into the future of luxury

2 min – A Rolls Royce é o ápice do luxo sob rodas. Além disso, a mecânica também é incomparável. Reza a lenda é que uma vez um dono de um Rolls Royce ligou na marca falando que o carro dele tinha quebrado. Eles riram e falaram: Sr. o Rolls Royce não quebra. E desligaram o telefone. E isso levando em conta que o carro inteiro é feito a mão, há apenas 4 robôs na fábrica. É um carro feito para durar assim como um relógio suiço. Depois de 112 anos de fabricação contínua, hoje 6 de cada 10 Rolls Royce já produzidos ainda andam pelas ruas. O próprio icônico modelo Silver Wraith detido pela presidência da República e que foi usado na posse no mês passado, têm sido usado por todos os presidentes brasileiros desde Getúlio Vargas. Mas deixando todo esse tradicionalismo de lado, a marca fez algo até então inédito, lançou um conceito da sua visão de carro do futuro. Um aspecto salta de vista: O carro é completamente autônomo. Além disso também anunciaram a Eleanor, uma inteligência artificial que vai ser sua verdadeira concierge pessoal via comandos de voz, contribuindo ainda mais para a experiência de andar em um Rolls Royce. Em um mundo onde as inovações estão cada vez mais rápidas e disruptivas, a Rolls Royce vem para mostrar que não planeja ficar para trás. Rolls Royce

Super Bowl commercials

4 min – Bem vindos ao horário mais caro da TV mundial. O preço? US$ 5,25 milhões por 30 segundos. Logo, só tem espaço para os gigantes e as empresas tentam aproveitar esse momento em que todos estão de olho pra fazer grandes anúncios e investir pesado nas produções. A Budweiser anunciou que agora sua cerveja é produzida com energia eólica. A Microsoft comprou logo 2 minutos pra anunciar um controle do Xbox especial para deficientes. A Audi anunciou a sua nova linha de carros elétricos, que vai representar 1/3 de todos os seus modelos até 2025. Celebridades também tiveram de sobra. Michael Jordan pela CBS; Sarah Jessica Parker e Jeff Bridges pela Stella Artois; Harrison Ford e Forest Whitaker pela Amazon; Steve Carell, Lil Jon e Cardi B pela Pepsi; Chance the Rapper e Backstreet Boys pela Doritos entre muitos outros. Os melhores? Muita gente adorou o da Bud Light que contou com uma participação especial do dragão do Game of Thrones anunciando a nova e última temporada da série. Mas o meu pódio ficou dividido entre Pepsi e Amazon. Vou deixar vocês decidirem. Pepsi e Amazon

Day1 | Se a aviação brasileira hoje é referência, a ‘culpa’ é dele

32 min – A Embraer é a maior fabricante de jatinhos do mundo (1 em cada 5). Também é a maior fabricante de aviões de até 130 assentos do mundo. No segmento de Defesa, também têm destaque. O Super Tucano, por exemplo, é utilizado por 17 Forças Aéreas do mundo, inclusive dos EUA. Atualmente a empresa se encontra no centro da mídia dado a venda para a Boeing, que completa o ciclo de 50 anos dessa história de sucesso. E um dos grandes responsáveis por tudo isso é esse homem: Ozires Silva. Idealizador, fundador e primeiro presidente da companhia. Nessa palestra ele conta um pouco sobre essa história.

Ele termina mencionando o Steve Jobs e sua capacidade de criar produtos que atendam demandas que as pessoas nem sabiam que tinham. E a Embraer nasceu com essa cabeça. Não queriam fazer um avião só por fazer, queriam produzir um avião que atendesse uma demanda. Se proporam a fazer um avião pequeno que pudesse pousar em pistas não pavimentadas e que, assim, desenvolvesse o mercado de aviação regional. Era algo que nenhum fabricante no mundo fazia. Toda vez que Ozires conversava com as pessoas desse mercado, inclusive o presidente da Boeing da época, ninguém acreditava naquele projeto. Não conseguiam ver essa demanda. Ozires não se desmotivava, muito pelo contrário, se animava pois via que iria surfar uma onda sem concorrência. Além disso, eles sabiam que o mercado nacional não justificava um projeto daquele e por isso a empresa teria que nascer visando o mercado global, algo raro hoje em dia em empresas brasileiras, imagina naquela época.

No começo ele brincava que tinha tudo pra dar errado pois o projeto começou com 3 Silvas e 1 Silveira e “Ninguém acreditava que um Zé da Silva sabia construir avião.” Mas assim como muitas histórias de sucesso ele teve um golpe de sorte fundamental. Uma bela manhã de domingo, ele recebe um telefonema do operador de tráfego aéreo do aeroporto de São José dos Campos contando que devido a um nevoeiro o avião presidencial estava sendo desviado e pousaria na cidade. Não estavam encontrando nenhuma autoridade para receber o presidente e perguntou se o Ozires podia ir lá recebê-lo. Ele quase caiu da cadeira. Ele conseguir uma audiência com o presidente era algo impensável e agora estavam perguntado se ele podia receber o presidente. Ozires foi, contou sobre o projeto e conseguiu o apoio que precisava. Daquele dia nasceu a Embraer. O resto dessa história eu deixo vocês ouvirem diretamente do Ozires nessa palestra espetacular.Endeavor Brasil

“Não sonhe grande, sonhe enorme.”

 

Ozires Silva

© Copyright 2018
Todos os direitos reservados por A5 Capital Partners


Compartilhe essa newsletter