Escolha uma Página
Compartilhe essa newsletter

News of the week

Os acontecimentos mais importantes do mundo de inovação diretamente para você.

O quadro acima é uma das mais importantes obras de Pablo Picasso, chamada de Le Rêve. Em 2001, o magnata dos cassinos Steve Wynn a comprou por US$60 milhões. Ele gostava tanto do quadro, que ia chamar um de seus cassinos em Las Vegas com o nome da obra, até na última hora optar por colocar o seu próprio sobrenome Wynn. Mas, em 2006, ele recebeu uma proposta irrecusável: US$ 139 milhões. Esse seria o maior valor pago por uma obra de arte em toda história. Foi oferecido pelo Stephen Cohen, o investidor bilionário norte-americano que inspirou o personagem do Bobby Axelrod na série Billions.

O contrato de venda foi assinado. Pingos nos “i”s e riscos nos “t”s, estava tudo acertado. Até que ocorreu um acidente. Alguns dias antes de entregar a obra o Steve resolveu dar uma pequena festa em sua casa. Como esperado, levou os convidados até onde o quadro estava exposto. O problema é que o Steve sofre de uma rara doença ocular chamada de Retinite pigmentosa, que afeta a sua visão. Isso fez com que quando ele estava mostrando a obra, acidentalmente a acertou e perfurou com seu cotovelo. Venda cancelada e lá foi o quadro para uma restauração a um custo de US$90.000. Enquanto muitos acreditavam que o acidente iria depreciar o valor da obra, Cohen não concordou e acabou pagando US$ 155 milhões alguns anos depois, em 2013.

News of the week

Os acontecimentos mais importantes da semana.

 

EXPO Plug & Play

Já que no mês de dezembro o que tem de sobra é eventos, vou continuar contando aqui alguns que temos participado. Nessa terça, o Renato Ramalho da A5 participou de um evento promovido pela Plug & Play. Eles são uma das maiores plataformas de inovação no mundo e acabaram de pousar no Brasil. Sua principal missão é conectar as melhores startups com as maiores corporações. Para isso, possuem programas de aceleração, de inovação corporativa e fundos de Venture Capital.

São enormes, com mais de 1400 startups e 340 corporações em seu portfolio. Já passaram por lá startups como Google, PayPal, Dropbox, LendingClub, N26, entre outros cavalos com chifre na cabeça. No Brasil, eles irão focar em três frentes: Insurtech, Food & Beverage e Fintechs.

O Renato dividiu o painel com o pessoal da SP Ventures, Provence e moderação do investidor Claude Ricci. Falou um pouco da visão da A5 de calma para investir, com um profundo dever de casa que cada vez mais traz consistência nos investimentos. Mas fora da detalhada análise de mercado e produto, também lembrou de como esse é um People Business, em que se investe em pessoas. É preciso acreditar que determinado empreendedor possui as habilidades certas para montar o negócio em questão, avaliando tanto sua profundidade técnica quanto sua capacidade de montar grandes equipes.

Trends to watch.

De olho nas tendências mundo afora.

 

Black Friday é um câncer no Varejo Brasileiro

Nos Estados Unidos e no Canadá, o Dia de Ação de Graças é comemorado na quarta Quinta-feira do mês de Novembro. É um feriado nacional. É um dia que as pessoas usam seu tempo livre para estar com a família, fazendo grandes reuniões e jantares familiares degustando um tradicional perú. É também um dia em que muitas pessoas dedicam seu tempo para pensamentos religiosos, orações e missas. Ocorrem grandes desfiles e eventos como a realização de jogos de futebol americano. Sua origem data de 1620 e simbolizava uma data de agradecimento pelas boas colheitas realizadas no ano.

O evento da Black Friday ocorre no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças e marca o início das compras natalinas.

O Brasil importou este evento para nosso calendário promocional em 2010 como forma de alavancar as vendas online e contou com 50 lojas participantes na sua primeira edição. Como um câncer agressivo, o evento cresceu ano a ano e hoje é amplamente reconhecido pelos consumidores como um bom momento de achar pechinchas.

O fato é que, diferentemente dos Estados Unidos, o varejo brasileiro sempre teve nos meses de Novembro e Dezembro seu ponto alto de vendas do ano.

O que o Black Friday fez foi acabar com o movimento de Novembro – tradicional bom mês de vendas do varejo dado o adiantamento do 13º salário. Os consumidores aguardam a tão divulgada data a para sacar suas carteiras apenas no final do mês. O aumento de vendas do Black Friday nem de perto faz com o que o mês de Novembro fique saudável, pois a venda do dia 1 do mês até a data do Black Friday são ridiculamente baixas. Elas não compensam a perda de vendas do inicio do mes.

Adicionalmente, o Black Friday impacta negativamente as vendas de Natal, pois faz com que de um lado os varejistas vendam com margem mais apertada no Black Friday de forma a atenderem consumidores ávidos por descontos, e de outro lado, faz com os consumidores assumam dividas e diminuam o apetite por novas compras no Natal.

Em resumo, não deveríamos apenas importar modas de outros países e sim tropicalizar as idéias. Esta observação serve para Black Friday como para uma serie de outras inovações. Não acho que devemos inventar “jaboticabas”, mas sermos um pouco mais prudentes. O varejo emprega milhões de pessoas seja online, offline ou omnichannel. Ter empresas saudáveis e rentáveis é ótimo para todos.

Que tal termos um Black Friday no mês de Abril em 2020?

Deep dive

Uma seleção de artigos e reportagens interessantes.

 

Red Bull Zero G

Pra equipe da Red Bull, fazer um Pit Stop em 20 segundos é muito fácil. Mas aqui o desafio era outro: Fazer isso a bordo de um avião que simula a gravidade zero. O vídeo ficou sensacional. Red Bull

Ghost ships, crop circles, and soft gold: A GPS mystery in Shanghai

No porto mais movimentado do mundo, um mistério digno de um livro do Tom Clancy. No último ano, milhares de embarcações, desde as menores até grandes navios cargueiros, sofreram ataques nunca antes vistos em seus sistemas de GPS.

O GPS consiste em uma constelação de 31 satélites que sustentam a navegação de diversos meios de transporte, tanto civis como militares. Durante os ataques, a localização da embarcação se alterava para uma posição fora da realidade, não só tornando-o invisível para as autoridades como também colocando em perigo a navegação em si. Curiosamente, o conjunto dessas localizações falsas formavam um círculo.

Para comprovar o ataque generalizado ao sistemas de GPS, olharam os dados do app Strava, que também utiliza a mesma tecnologia. Viram exatamente o mesmo padrão circular de localizações adulteradas. Enquanto os maiores especialistas no tema debatem, o mundo se pergunta: Serão esses traficantes ilegais utilizando tecnologia para burlar as autoridades ou uma nova sofisticada arma de guerra eletrônica chinesa sendo testada? MIT Technology Review

I try to buy stock in business that are so wonderful that an idiot can run them. Because sooner or later, one will.

 

Warren Buffet

© Copyright 2018
Todos os direitos reservados por A5 Capital Partners


Compartilhe essa newsletter