Escolha uma Página
Compartilhe essa newsletter

News of the week

Os acontecimentos mais importantes do mundo de inovação diretamente para você.

Durante a corrida do ouro na Califórnia, mais de 300 mil pessoas foram para a região, incluindo um jovem alemão de 24 anos. Esse jovem havia investido todo o seu dinheiro em tecido para barracas. Mas ele havia chegado tarde demais. Outros forncedores já estavam dominando esse mercado e como o material era muito resistente, necessitava de pouca reposição. O jovem estava desolado até que um mineiro veio perguntar se ele tinha alguma calça, visto que a sua estava toda rasgada. O que era um problema significativo dado que os mineiros guardavam as pepitas nos bolsos dessas calças. Bastou uma olhada pelos lados para ver que esse era um problema comum. Foi então que se juntou a um alfaiate e começou a usar o seu tecido de barracas para fazer calças. O nome desse jovem era Levi Strauss e foi assim que nasceu o Jeans.

News of the week

Os acontecimentos mais importantes da semana.

 

A5 University Roadshow

A A5 possui um projeto de aproximação com o público universitário. Acreditamos na importância de se aproximar desses jovens, que serão as futuras lideranças do país, nossos futuros empreendedores e investidores. Acreditamos que no longo prazo, fomentar conhecimentos de empreendedorismo e Venture Capital junto a esse público terá um impacto significativo para o nosso mercado.

Esse projeto possui diversas frentes. A principal delas é o A5 Challenge. No ano passado fizemos a primeira edição com mais de 210 participantes e levamos o grupo vencedor para o Web Summit em Lisboa. Esse ano a 2ª edição do A5 Challenge vem ainda mais forte! Já fechamos parcerias com a ABVCAP e a Plug and Play lá do Vale do Silício.

Outra frente ocorreu nesse mês com um RoadShow de palestras onde falamos sobre inovação, tecnologia, empreendedorismo e o mercado de Venture Capital. Fomos no Insper, FGV, FEA-USP e hoje, por último, Ibmec. Foram mais de 200 alunos ao todo que vieram com um empolgante interesse e curiosidade.

Por fim, para os mais interessados, lançamos o processo seletivo de um Curso ministrado pela A5 que se aprofundará nos conceitos da palestra, contando com aulas dadas pelo Renato Ramalho, nosso gestor, professores convidados, visitas à startups, conversas com founders e estudos de casos.

E convidamos a todos vocês a participarem desse movimento conosco. As oportunidades de parceria para o A5 Challenge ainda estão abertas!

Trends to watch.

De olho nas tendências mundo afora.

Ex Parte

Oz Benamram, Chief Knowledge Officer da firma de advocacia White & Case defende que a “Uberization of law is coming”. Obviamente o direito é mais complexo que dirigir do ponto A para o ponto B mas quando você olha na perspectiva do comprador, há espaço para uma revolução a la Uber. A grande dor nesse ponto está na falta de transparência do “preço justo” para o cliente. Da mesma forma que hoje você não precisa mais questionar se a rota que o carro está pegando é a mais eficiente e se o preço do taximetro é justo, Oz defende que a tecnologia irá impactar o direito da mesma forma que o Uber impactou a mobilidade, trazendo transparência para os serviços e preços.

Dentro desse conceito de Lawber sairemos do mundo de indicações e a inteligência artificial entrará em cena para lhe indicar não o escritório mas o advogado ideal para você. É nessa premissa que a startup norte-americana Ex Parte opera. Eles usam dados de tribunais e um sistema de ranqueamento proprietário baseado nas experiências dos advogados e seus resultados para prever resultados de litígios. Segundo eles a precisão supera os 90%. Seu foco é o litígio de patentes, onde identifica as chances do processo e os melhores advogados para revertê-las.

Há uma enorme disrupção nesse modelo pois ele passa a olhar o advogado individual e não o seu escritório, colocando em evidência essa performance de cada um. Apenas nos EUA, esse é um mercado de mais de 250 bilhões de dólares por ano.

Deep dive

Uma seleção de artigos e reportagens interessantes.

 

How to build a company where the best ideas win | Ray Dalio

Ray Dalio fundou a Bridgewater Associates, um hedge fund com mais de 100 bilhões de dólares sob gestão. Isso o colocou entre as 60 pessoas mais ricas do mundo, com um patrimônio estimado em 20 bilhões de dólares. Nesse TED Talk ele conta um segredo essencial para o seu sucesso. E como todo grande aprendizado, esse segredo nasceu de um fracasso. Lá atrás ele errou feio em uma aposta e praticamente quebrou. Isso o fez mudar sua abordagem na tomada de decisão. A autocracia liderada pelo gestor foi substituída pela “idea meritocracy”, onde não é o mais alto na posição hierárquica que decide mas a pessoa com a melhor ideia. E para isso precisava de uma transparência radical, dando espaço para todos expressarem suas opiniões, mesmo que contrárias ao chefe.

Para não virar um caos, Ray se aliou com a tecnologia. Nesse vídeo ele nos leva a uma reunião em que todo o time da Bridgewater discutia o impacto da eleição do Trump. Enquanto a discussão rolava, todos possuem uma ferramenta em seus computadores onde conseguem avaliar cada argumento, dando notas e atributos. Isso faz com que as pessoas saiam um pouco das suas opiniões isoladas e consigam enxergar o resultado do conjunto de opiniões de todos, tirando a discussão de quem está certo para uma discussão de quais são os critérios objetivos para determinar as melhores opiniões. Além disso, o algoritmo analisa esses feedbacks de todas as reuniões e consegue desenhar um perfil para cada funcionário, revelando suas forças e fraquezas. Por fim, esse perfil estabelecido não só afeta como as equipes são montadas como também a opinião desses funcionários ganha pesos diferentes de acordo com o tópico que está sendo discutido. TED

The Secret History of ‘Easter Eggs’

O primeiro Easter Egg começou como um ato de desobediência. Quando a Warner comprou a Atari houve um choque cultural entre os funcionários das duas empresas. Foi então que o designer de games Warren Robinett, de 25 anos, escondeu uma mensagem no jogo “Adventure” que dizia que ele tinha sido o criador. Esse desejo de reconhecimento acabou sendo recompensado de forma espetacular mais de 50 anos depois quando o seu Easter Egg se tornou a peça central no filme Ready Player One do Steven Spielberg.

Desde então outras empresas compraram a ideia, entre elas a Tesla. Enquanto os outros carros aceleram e freiam, um Tesla vai além. Ele canta, dança e muito mais. Até separei um vídeo disso. O Matt Mullenweg, criador do WordPress também é fã e inclusive usa para recrutamento. Segundo ele, um dos Easter Eggs criados por ele é tão bem escondido que menos de 12 pessoas o acharam e ele contratou quase todas depois disso. Por fim, deixo uma recomendação. Digite “Thanos” no Google. Logo em cima da discrição do vilão da Marvel estará a Mão dourada dele. Clique nela. New York Times

“Most people overestimate what they can do in one year and underestimate what they can do in ten years.

 

Bill Gates

© Copyright 2018
Todos os direitos reservados por A5 Capital Partners


Compartilhe essa newsletter